Notícias da Softsul

02 out 2015
Comments are off

Perfil – SOFTSUL

A segunda edição do Perfil SOFSTUL conta com a participação do secretário municipal da Fazenda de Porto Alegre, Jorge Tonetto. Aqui, a SOFTSUL traz a opinião de personalidades sobre o mercado de TI em Porto Alegre, no Rio Grande do Sul e no Brasil.

Como o senhor analisa o mercado de TI no Rio Grande do Sul e em Porto Alegre?

O mercado de TI é uma das forças do Rio Grande do Sul e, em especial, de Porto Alegre. Segundo os dados que levantamos, Porto Alegre é a 3ª capital com maior número de empresas de TI e a 4ª capital com mão de obra formalmente empregada em empresas de alta tecnologia.

Como o setor pode continuar crescendo?

O mercado de TI é um dos poucos que tem mantido seus investimentos, pois hoje a TI se confunde com a estratégia do negócio. Há um estrito alinhamento do negócio com investimentos de TI em vários setores (bancos, operadores de cartão, telefonia e etc). Também surge atualmente as novas plataformas (smartphones, tablets) que dão acesso a grandes mercados através de aplicativos que surgem de startups.

Quais as suas expectativas para o futuro?

Acredito que a Tecnologia da Informação e a Saúde são os dois grandes eixos de desenvolvimento da cidade.

De que forma a SOFTSUL pode contribuir para a retomada do crescimento no setor e do crescimento da economia do RS?

Como entidade propulsora da pesquisa, a SOFTSUL tem papel fundamental. Precisamos estimular a pesquisa e a inovação, pois a TI prescinde de portos e aeroportos, o setor trafega na via digital que dá acesso global. Isso pode e deve ser prioridade. O setor também tem embarcado um quadro de recursos humanos que requer muito investimento e por isso muito produtivo e competitivo.

Seminários como o Conexão SOFTSUL, realizado no mês passado dizem tudo. O mercado se encontra e discute rumos e estratégias, seja em cenário favorável ou desfavorável. Na crise, existe muita oportunidade para saltos quânticos em qualidade. A SOFTSUL é sem dúvida um catalisador.