Sobre a Softsul

A Softsul

Criada em 30 de novembro de 1994, com o objetivo principal de gerir o Programa SOFTEX no RS, a Associação Sul-Riograndense de Apoio ao Desenvolvimento de Software – SOFTSUL – visa ao desenvolvimento sócio-econômico e ao aumento da competitividade das empresas do setor produtivo de Tecnologia da Informação e da Comunicação, especialmente da indústria brasileira de software e serviços correlatos.

A instituição tem como objetivo social executar, promover, fomentar e apoiar ações de gestão; inovação e desenvolvimento científico e tecnológico; pesquisa, ensino, atração e promoção de capital humano; transferência de tecnologias; experimentação não lucrativa de novos modelos sócio-produtivos e sistemas alternativos de produção, comércio, emprego e crédito, através de atividades de: pesquisa e desenvolvimento; educação, capacitação e treinamento apropriados; informação, relacionamento e de apoio de natureza técnica, financeira, cultural e mercadológica, necessário à inovação e ao incremento da qualidade na indústria de TIC.

Como uma organização não-governamental constituída na forma de uma associação civil de direito privado, sem fins lucrativos e de caráter público, esta associação é dotada de autonomia administrativa e financeira em relação aos seus associados fundadores, associados natos e aos demais associados em qualquer categoria.

Missão

Promover o desenvolvimento e a capacitação da indústria de software e serviços de informática, objetivando consolidar no Estado do RS um pólo tecnológico de excelência e gerar negócios no mercado globalizado.

Valores

Inovação, Qualidade, Universalidade e Criatividade.

Histórico

No ano de 1991 representantes do setor de tecnologia se reuniram e começaram a desenhar um plano estratégico para mostrar que o setor de software era uma indústria nova, de alto valor agregado, e que poderia melhorar as divisas do Brasil. Com isso, surge o plano estratégico que em 2003 se transformaria no Programa Brasileiro de Exportação de Software – SOFTEX.

O grande desafio do Programa SOFTEX era sensibilizar o empresário brasileiro a mudar esse perfil, ajudar as empresas a se capacitar e atingir níveis internacionais de qualidade para poder competir com o resto do mundo. Em 1993 foi o primeiro ano efetivo do Programa, em que foram criados 13 núcleos, e a SOFTSUL estava entre eles sendo o 6º núcleo a ser criado no Brasil.

Os Agentes SOFTEX são independentes e por isso foram pensados nomes que representassem o estado. Pessoas representando suas entidades como CNPq, SEDES, SEBRAE, UFRGS e ASSESPRO se mobilizaram para criar a SOFTSUL.

A SOFTSUL nasceu dentro do Instituto de Informática da UFRGS e inicialmente oferecia os laboratórios de Informática para as empresas. Paralelamente estava sendo escrito o primeiro estatuto para criar uma pessoa jurídica que daria aporte às ações desse núcleo. A SOFTSUL, dentro da UFRGS, começou a disponibilizar os recursos da universidade, como computadores e biblioteca técnica.

Cronologia

1994 – Em 30 de novembro, o Estatuto da SOFTSUL foi aprovado. A instituição recebia projetos das empresas que eram avaliados e recebiam bolsas do CNPq para os profissionais.

1995 – Realizada a primeira reunião do Conselho. José Antonio Antonioni foi designado coordenador Superintendente Interino da SOFTSUL.

NOVUS é a primeira empresa a se associar na SOFTSUL.

SOFTSUL muda de endereço para o Largo Visconde do Cairú, no centro de Porto Alegre, para ter maior proximidade com as empresas.

1996 – Houve a necessidade de buscar um novo endereço na Av. Carlos Gomes.

Intenso fluxo de projetos, consolidando-se a parte de P&D da SOFTSUL, plano de negócios e consultoria. A entidade começou a desenvolver atividades que nenhuma outra fazia, como trazer FINEP, BNDES e Centros de Pesquisa.

A SOFTSUL promoveu a primeira participação das empresas de Software do RS na FENASOFT, que era a maior feira de informática da América Latina (Pavilhão de Software do RS).

Neste mesmo ano, foi firmado o Convênio SOFTSUL – PROCERGS – Cooperação Tecnológica e Comercial à Produção de Software do RS até 1999.

1997 – A SOFTSUL organizou a participação das empresas brasileiras para a COMDEX FALL, em Lãs Vegas e abriu um escritório em São Francisco junto ao projeto RS High Tech. Criada a Agência de Desenvolvimento (AGDES) para fomentar o mercado interno.

1999 – Criação do Projeto Fábrica de Software do Rio Grande do Sul (FSRS).

2000 – Primeiro ano da Missão Empresarial para a CeBIT, maior feira mundial de Tecnologia da Informação, Telecomunicações, Software e Serviços, em Hannover, na Alemanha.

2001 – Inauguração do Centro Tecnológico SOFTSUL (CTEC).

2002 – Participação na Comdex 2002.

2003 – Início do Projeto Rumo ao Mercado Alemão de TI

2004 – Apresentação do REDEPRO – Rede de Fornecedores Certificados PROCERGS.

A SOFTSUL completou dez anos, consolidando a imagem da instituição como uma das mais respeitadas do Rio Grande do Sul e uma referência no apoio ao desenvolvimento do setor de tecnologia.

2005 – Lançamento do Projeto MPS.BR – Melhoria de Processo do Software Brasileiro.

Neste ano a SOFTSUL passou de Sociedade para Associação sem fins lucrativos. No dia 27 de julho de 2005, o novo estatuto foi assinado pelo Conselho de Administração, atendendo as mudanças no Código Civil de 1916.

2006 – O Projeto MPS.BR atingiu seus objetivos e foi lançado o segundo grupo da Cooperativa MPS.BR SOFTSUL.

– A SOFTSUL proporcionou para o setor de TIC uma nova proposta de evento, o Fórum do Mercosul de Empresários de TIC.

2007 – Criação do Comitê Pró-CeBIT Porto Alegre com o propósito de realizar um Evento Internacional com assinatura CeBIT na cidade de Porto Alegre.

2008 – Lançamento do Projeto MGPDI com o objetivo de auxiliar as organizações na arte de inovar.

Endereço:

Associação Sul-Riograndense de Apoio ao Desenvolvimento de Software – SOFTSUL
Rua Padre Chagas, 79, Conj. 702 e 802 – 90570-080 – Porto Alegre, RS – Brasil